Fibrose quística

Células de pulmão humano
Ciências da ULisboa | BioISI

Margarida Amaral, professora do Departamento de Química e Bioquímica da Faculdade de Ciências da ULisboa e coordenadora do BioISI- Biosystems & Integrative Sciences Institute, tem dedicado a vida ao estudo da fibrose quística. O balanço tem sido muito positivo.

Recentemente publicou no EBioMedicine, juntamente com outros investigadores do BioISI e clínicos do Hospital La Fe de Valencia, em Espanha, um estudo sobre uma nova abordagem terapêutica para os doentes portugueses, com a segunda mutação da fibrose quística (A561E) mais frequente em Portugal.

O artigo “Measurements of Functional Responses in Human Primary Lung Cells as a Basis for Personalised Therapy for Cystic Fibrosis” e que tem Margarida Amaral como investigadora principal, também é assinado por Nikhil Awatade, Inna Uliyakina, Carlos Farinha, Luka Clarke, Karina Mendes e Maria Margarida Ramos, investigadores do BioISI, e por Amparo Solé e Juan Pastor, do Hospital La Fe de Valencia.

Fonte: Ciências da ULisboa | BioISI
Legenda: Nikhil Awatade, Inna Uliyakina, Carlos Farinha, Luka Clarke, Karina Mendes, Maria Margarida Ramos e Margarida Amaral

De acordo com o comunicado de imprensa (versão em Inglês), emitido pela Faculdade de Ciências da ULisboa, “os resultados mostram que, à semelhança do que acontece com os pacientes que têm a mutação mais frequente (F508del), os pacientes com a mutação A561E também podem vir a ter benefício terapêutico deste novo fármaco”. Os cientistas testaram pré-clinicamente o novo fármaco, e neste momento, aguardam a sua aprovação pelas agências reguladoras.

Paralelamente, em janeiro de 2015, Margarida Amaral deve ficar a conhecer os resultados da candidatura submetida ao HORIZON 2020, no âmbito do projeto “NewTreatCF - New Treatments for Cystic Fibrosis”.

“Apesar destes resultados bastante positivos, este novo fármaco ainda tem um benefício relativamente limitado. Assim, temos um projeto submetido ao programa HORIZON 2020 da União Europeia para fazer o screen de um milhão de compostos, no sentido de encontrar fármacos mais eficazes para a fibrose quística. Em janeiro devemos ter notícias se passámos à fase [seguinte] da candidatura”, diz Margarida Amaral.

Alegrias
“A maior alegria reside em vermos, que através do nosso trabalho podemos ter impacto direto na vida dos pacientes (…) comunicarmos aos pacientes e familiares as boas notícias, de que já há uma abordagem terapêutica da qual eles podem beneficiar muito em breve.”
Margarida Amaral

Dificuldades
“A principal dificuldade, prende-se com alguma falta de espaço laboratorial com condições adequadas ao melhor desenvolvimento destes estudos.”
Margarida Amaral

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Bolhas de ar e películas líquidas são de grande importância em áreas tão diversas como as indústrias mineira, transformadora e alimentar e a segurança de materiais, tendo ainda aplicações potenciais em micro e nanotecnologias.

Os estágios irão ocorrer na Alemanha, Espanha, Estados Unidos da América, França, Moçambique e Suécia.

O “Contact Making Event - Farming With Young People" superou as expectativas que levávamos na bagagem. Para além das importantes ferramentas que descobrimos (Erasmus+, dinâmicas de grupo…) e dos novos contactos que fizemos, as éticas e os princípios da Permacultura foram partilhados com todos.

O Arquivo.pt é uma nova ferramenta de suporte à investigação em diversas áreas científicas, como a Sociologia, História ou Comunicação.

A iniciativa foi dinamizada pela professora Suzana Nápoles e contou com a presença de 22 alunos do ensino básico.

O sismo foi registado pelas estações sísmicas do Instituto Dom Luiz.

Anualmente são analisadas pelo Núcleo de Planeamento, Avaliação e Gestão da Qualidade cerca de 800 disciplinas, dos vários cursos da nossa Faculdade.

O mestrado em Microbiologia resulta de um consórcio entre quatro escolas da ULisboa.

Ana Bastos, pós-doutorada no Laboratoire des Science du Climat et de L’Environement, em França, começou a investigar este tema durante o doutoramento em Ciências ULisboa.

Os alunos recrutados são dos cursos de Bioinformática e Biologia Computacional, Engenharia Biomédica e Biofísica, Matemática Aplicada e Tecnologias da Informação e Comunicação.

O que fazem e o que pensam alguns membros da comunidade de Ciências ULisboa?

Jonathan Félix Rio Veloso, estudante da licenciatura em Tecnologias de Informação com minor em Biologia, faleceu na noite de 10 de janeiro. O funeral do aluno realiza-se no dia 12 de janeiro, pelas 14h30, na aldeia de Nozelos, situada no concelho de Valpaços.

 "Com um simples azulejo” é uma iniciativa do DM dirigida a alunos dos 1.º e 2.º ciclos do ensino básico destinada a explorar transformações geométricas no plano.

Ciências ULisboa pretende continuar a colaborar na formação académica, bem como no desenvolvimento de programas de investigação comuns e no estabelecimento de equipas que possam concorrer a fundos internacionais.

Entre os dias 9 e 30 de janeiro de 2016 inclusivé, a biblioteca do C4 também está aberta aos sábados das 9h00 às 17h00.

A área que mais gosta são as alterações climáticas e os seus efeitos. Durante estes anos em Ciências ULisboa sente que cresceu como pessoa e cientista. Carlos da Camara e Ana Bastos orientaram o projeto de licenciatura e ficaram surpreendidos com o talento da jovem estudante.

Encontra-se aberto concurso para atribuição de uma bolsa de Gestão Ciência e Tecnologia para licenciados em Estatística ou Matemática.

“Ciência, Prestígio e Devoção: os Jesuítas e a Ciência em Portugal”, editado pela Lucerna, no início de 2015, é a primeira abordagem à história científica dos jesuítas em Portugal nos séculos XIX e XX.

Imagem artística do Euclid

Para Ismael Tereno, investigador do IA e de Ciências ULisboa, é possível rastrear mais de um terço do céu, obtendo dados astronómicos com a qualidade adequada ao sucesso dos objetivos científicos da missão Euclid.

QTLeap project

O Piloto 2 veio acrescentar mais informação léxico-semântica aos sistemas de tradução automática para todas as línguas do projeto: português, alemão, checo, búlgaro, espanhol, basco, holandês e inglês.

Abstrato
A última sessão deste ano acontece esta sexta-feira, dia 18 de dezembro, a partir das 20h00, no Grande Auditório da Faculdade, sito no edifício C3, no Campo Grande.

Através da iniciativa os alunos de Ciências ULisboa ficam a conhecer o processo de recrutamento e seleção da Galp Energia.

Através da iniciativa os alunos de Ciências ULisboa ficam a conhecer o processo de recrutamento e seleção da Galp Energia.

Páginas